Indicações de filmes que contribuem em diversos aspectos para nossa educação ecológica e que são capazes de provocar em nós questionamentos e sentimentos que nos aproximam de uma vida mais lúcida e empática.
Algumas indicações possuem link para o filme no poster.

A Turista Espacial (La belle verte)

Direção: Coline Serreau • 1996 • 99′

Existe um planeta em que seus habitantes evoluíram a tal ponto que vivem em perfeita harmonia com a natureza. De tempos em tempos, alguns deles fazem excursões a outros planetas, seja para observá-los ou mesmo ajudá-los em seu processo evolutivo. Curiosamente, há 200 anos que ninguém quer vir para o planeta Terra. Até que um dia, por razões pessoais, uma mulher decide se voluntariar. Ela aterriza em Paris. O filme aborda de maneira humorada temas variados como a fábula filosófica, a espiritualidade ativista, a sustentabilidade, o anticonformismo, a ecologia, o feminismo, o humanismo, o pacifismo entre outros. Inspirador e divertido.

Ilha das Flores

Direção: Jorge Furtado • 1989 • 13′

Um ácido retrato da mecânica da sociedade de consumo. Acompanhando a trajetória de um simples tomate, o curta escancara o processo de geração de riqueza e as desigualdades que surgem no meio do caminho.

O homem que plantava árvores

Direção: Frédéric Back • 1988 • 30′

Baseado em um belíssimo conto do francês Jean Giono, de 1953. Um narrador evoca a vida de Elzéar Bouffier, pastor que pouco antes da Primeira Guerra Mundial plantou árvores em uma região deserta nos confins dos Alpes e da Provença. Missão cumprida alguns anos depois. A beleza calma da paisagem contrasta com a fúria das duas Grandes Guerras que o narrador assiste e o feito notável do pastor oferece um olhar do poder inspirador da natureza e da esperança, que podem emergir no mais improvável dos lugares.

Dancem, macacos, dancem

Direção: Ernest Cline • 2007 • 4′

Os macacos constroem ninhos gigantes para macacos e os chamam de “cidades”. Os macacos desenham imensas linhas imaginárias na Terra. Os macacos estão ficando sem petróleo que é o que movimenta a sua precária civilização. Este curta faz uma crítica à visão antropocêntrica e aos adornos humanos com suas criações supervalorizadas de si mesmo.

Criança, a alma do negócio

Direção: Estela Renner • 2008 • 49′

Uma crítica ao consumismo exacerbado na infância, impulsionado pela publicidade sem limites, ética ou regulamentação. Um convite aos pais e educadores para refletir sobre seus papeis nesta sociedade de consumo e como podem colaborar para mudar o cenário.

Trabalho Precário, Produção de Luxo

Direção: Idalina Vinuto • 2015 • 16′

A obra retrata o dia-a-dia de Francisca Antonia Rodrigues, brasileira, faccionista, casada e mãe de duas meninas. Sua rotina se resume a acordar cedo, logo começar a trabalhar e só parar a noite. Seu serviço consiste em dar acabamento às peças enviadas por empresas. O trabalho é realizado em sua casa, num pequeno cômodo que divide com seu marido e mais uma costureira. Sem carteira assinada, não possui seus direitos trabalhistas assegurados e espera que um dia este ramo das facções seja regulamentado por lei.